Transcrição do vídeo:

Qual é a importância das cores no design de um produto? Pense nas cores como a chuva. Ela traz um frescor ao clima. Molha nossas plantações. Traz vida ao lugar em que ela chega. Pode transformar a seca em um lugar produtivo, fértil. Por outro lado, chuva em excesso pode ter efeito reverso. No jardim, as plantas perdem nutrientes e a raiz apodrece. O trânsito fica caótico. Acontecem enchentes, principalmente em locais que não estejam preparados para receber tanta água. Muita cor é prejudicial.

Quando a cor é transmitida do nosso olho para a nossa caixola, o cérebro libera um hormônio que afeta as emoções e a forma como percebemos as coisas. Por exemplo, uso incorreto de uma tonalidade pode alterar totalmente a percepção das pessoas em relação a uma marca.

Numa série de pesquisas feitas há quase 150 anos, um experimento mostrou que um paciente agressivo se acalmou ao ser colocado em quarto azul por uma hora. Em outro experimento, um paciente voltou a comer depois de dias recusando. Como usar, então, as cores no design para influenciar no comportamento do usuário. E o seu design? Está inundado ou está na seca?

Assista a mais vídeos sobre Psicologia aplicada ao UX Design e vieses cognitivos no canal Design From Human.

 

Referência: Butler, Allison G., and Michael A. Roberto. “When Cognition Interferes with Innovation: Overcoming Cognitive Obstacles to Design Thinking: Design thinking can fail when cognitive obstacles interfere; appropriate cognitive countermeasures can help disarm the traps.” Research-Technology Management 61.4 (2018): 45-51.


Para palestras sobre Psicologia aplicada ao UX Design, workshops e cursos, fale diretamente com o Rian Dutra