O Design, principalmente no mundo com tanta diversidade e concorrência, é muito mais do que a questão estética de um produto ou interface. O Design é um pilar extremamente importante dos negócios da empresa. Mas nem mesmo todo designer tem a noção de que o design é, de fato, crucial para os negócios.

As gigantes do mundo como Apple, Google, Facebook e Microsoft entendem que o design é crucial para que seus produtos gerem resultados positivos. O bom design, quando é suportado por uma estratégia inteligente e uma tecnologia sólida, pode gerar bilhões de dólares. E isso não é exagero. Nessas empresas – ou qualquer outra que entenda realmente a importância do design – os designers são responsáveis por decisões que vão além da estética e da interação dos usuários com o produto.

Mas participar efetivamente das estratégias de negócios de empresas como Apple e Google é fácil. O difícil é conseguir penetrar nos negócios de empresas pequenas, que não enxergam de verdade, em muitos casos, a real necessidade de ter um designer de experiência do usuário.

Infelizmente, ainda não é tão comum que os designers participem de reuniões mais estratégicas das empresas, e e muitos casos, os designers são vistos como o profissional que dará beleza e boa estética para a parte visual dos produtos.

Design VS Negócios

Uma das grandes brigas, vamos dizer assim, dentro das empresas onde têm designers de experiência do usuário em que, de um lado, temos os UX designers querendo projetar produtos que ofereçam uma boa experiência do usuário, para que os usuários, claro, fiquem satisfeitos ao usar o produto, que eles fiquem felizes e que realmente atende às necessidades deles. Mas, sempre com o objetivo de satisfazer os usuários. De outro lado, temos os gestores e investidores (os donos), que, muitas vezes não se importam tanto assim para a experiência de uso. Claro, eles se importam mas o que vale mesmo para eles é que o negócio deles gere resultado, receita, lucro, dinheiro.

Nenhum dos dois lados está errado: uma empresa não vive só com usuários felizes. Mas, também, uma empresa que não tem clientes satisfeitos, um dia irá falir, não tem como. A tecnologia e os produtos estão aí para satisfazer os usuários. Sem eles, não temos negócio nem dinheiro.

Então, o que precisamos alcançar é o equilíbrio entre a filosofia romântica da boa experiência do usuário junto com a dureza e a voracidade do mundo dos negócios.

Designer deve mostrar o poder do Design

É aí que você entra para revolucionar essa parada, junto comigo!

Nós, como designers de experiência do usuário, também temos o dever de mostrar a todos da equipe e clientes, que o design realmente é um elemento crucial para que os produtos deles vendam, e que realmente atendam aos usuários da melhor forma possível.

Mas, por outro lado, você não pode tentar entrar em uma discussão mais estratégica dos negócios de uma empresa se não souber de negócios ou não entender os negócios no qual você está trabalhando. Você tem que saber do negócio para ter autoridade no assunto, e junto com o design, propor soluções reais para a empresa. E, sim, Design tem tudo a ver com negócios e lucros.

Mas, tenha uma coisa em mente: o sucesso ou o fracasso de um produto está intrinsecamente ligado ao design dele. Não tenha dúvidas disso.


Precisa de um site, aplicativo ou quer melhorar seu design?
Você pode contratar a agência Rian Design

Para palestras, workshops e cursos, fale diretamente com o Rian